Colunistas

Clarão pede exoneração visando cadeira na Assembléia Legislativa do RS

28/06/2018 - 17h:23min
Eduardo Costa - Cotidiano

O camaquense Everton Izidoro Pogozelski, o Clarão, vai deixar o cargo que ocupa como assessor do vice-governador do Estado, José Paulo Cairoli, nesta sexta-feira (29). A exoneração visa colocar o nome à disposição e lançar a pré-candidatura à Assembléia Legislativa do RS.

"Foi um ano de muito trabalho e também de realizações e conquistas para os municípios da Metade Sul e Costa Doce. Através de articulações políticas, consegui incluir os municípios da nossa região no “Programa Internet para Todos”, que já está em fase de execução, assim como a delegacia especializada em crimes rurais em Camaquã, que será inaugurada em breve", ressaltou Clarão a este colunista.

Em um ano no cargo, Clarão conseguiu atrair emendas para as áreas da saúde, como a verba de 100 mil reais para a aquisição de uma ambulância na Chuvisca e a verba de 250 mil reais para um posto de saúde em Sertão Santana. Recentemente, deu início no andamento do projeto que pode beneficiar o Hospital Nossa Senhora Aparecida com a conquista de um Mamógrafo Digital, no valor de 400 mil reais.

Everton Clarão é empresário do ramo de materiais elétricos, pós graduado em Gestão Pública e foi vereador de Camaquã por dois mandatos. Ele afirma que vai visitar os municípios da Metade Sul, especialmente da Costa Doce e Região Carbonífera, conversando com lideranças, entidades, com as pessoas e fazendo um levantamento das demandas mais importantes para cada cidade.

deixe seu comentário