Saúde e Bem Estar

Familiares de Diogo Schroeder Zarnot pedem ajuda para tratamento

O único remédio que pode parar a progressão da doença é o Spinzara, que não é disponibilizado pelo SUS e tem custo de 318 mil reais cada dose
17/04/2019 - 15h:16min - Fonte:

Familiares e amigos do menino Diogo, de Canguçu, estão pedindo ajuda. A mais ou menos 5 meses a família descobriu que teria a possibilidade de o menino ter Atrofia Muscular Espinal (AME). No dia 03 de abril de 2019 chegou o resultado dos exames positivos para AME tipo 2.

A doença é rara, grave e degenerativa, que se caracteriza pela degeneração e perda de neurônios motores de medula espinhal e do tronco cerebral, resultando na fraqueza muscular progressiva e atrofia. Atualmente o único remédio que pode parar a progressão da doença é o Spinzara, que não é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e tem um custo médio de 318 mil reais cada dose.

Para dar início no tratamento, Diogo precisa de 6 doses do medicamento. A família não tem condições de arcar com esses custos, que são muito altos. Por isso pedem ajuda da comunidade de Canguçu e região, pois toda ajuda é bem vinda para ajudar o menino.

Entenda mais sobre a doença:

Entenda como funciona o tratamento:

Nas redes sociais, especificamente no instagram @ameodiogo estão sendo postadas informações para ajudar o menino e esclarecimentos sobre a doença. Se alguém estiver realizando alguma ação para ajudar o menino, entre em contato com o Clic São Lourenço para realizarmos a divulgação, através da página do facebook e WhatsApp (53) 99127-9099.

Mais informações e contato para ajudar Diogo:

Instagram: @ameodiogo

Facebook: Diogo Schroeder Zarnot

WhatsApp: (53) 98431-2380 / (53) 98416-0019

Agência Bancária:

deixe seu comentário