Polícia

Novo bafômetro começa a ser utilizado no Estado

Aparelho detecta se o condutor abordado fez ou não uso de bebida alcoólica antes mesmo do motorista assoprar o etilômetro
16/06/2019 - 13h:08min - Fonte: PRF - Divulgação

O Rio Grande do Sul contará com 22 novos aparelhos em reforço à atuação da PRF na Copa América a partir da última sexta-feira (14). A previsão é que ainda durante o evento esses etilômetros sejam distribuídos nas delegacias de todo o estado, incrementado assim o compromisso da PRF com a missão de salvar vidas.

Com o início da Operação Copa América 2019, na qual haverá considerável reforço de efetivo na região de fronteira e metropolitana do estado, a Polícia Rodoviária Federal começará a usar um novo aparelho de etilômetro (o popular bafômetro), que agilizará as fiscalizações de alcoolemia em relação ao modelo atual.
O novo aparelho apresenta dois modos de operação: passivo e ativo. No modo passivo, ele é capaz de detectar a presença de álcool apenas com a proximidade da boca, sem a necessidade de soprar o bafômetro.

Caso o aparelho acuse positivo para a ingestão de bebida alcoólica, o condutor será então convidado a fazer o teste no modo ativo, quando então soprará utilizando um bocal descartável, nos moldes tradicionais já utilizados pela PRF.

A utilização no modo passivo não gera punição, porém direciona o policial a realizar testes completos apenas com os condutores possivelmente embriagados.

Esse novo método gerará, além de economia ao erário com os bocais, uma celeridade no tempo dos testes e o aumento no número de pessoas fiscalizadas, uma vez que o tempo médio da fiscalização no modo passivo é até sete vezes mais rápido comparado ao ativo.

Com isso, mais condutores embriagados serão retirados de circulação e mais vidas serão preservadas nas rodovias federais.

O condutor flagrado em estado de embriaguez é autuado em R$ 2.934,70, além de perder sete pontos e ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa.

deixe seu comentário