Polícia

Polícia recebe apoio aéreo em busca de quadrilhas que atacaram agências bancárias

Último ataque aconteceu na madrugada deste sábado (6); suspeitos dos dois ataques ocorridos na Zona Sul continuam foragidos
06/07/2019 - 18h:30min - Fonte:

A agência do banco Bradesco em Dom Feliciano foi alvo de ataque com explosivos por volta da 1h30min deste sábado (06). A Brigada Militar de Camaquã, que presta apoio na busca pela quadrilha que efetuou o ataque, recebeu reforço aéreo para auxiliar nas buscas.

O helicóptero utilizado na operação foi registrado por clicadores durante um reabastecimento de combustivel, ao lado da Fundasul, na tarde deste sábado. O caminhão-tanque da Brigada Militar foi o responsável pela entrega do combustível.

Whats-App-Image-2019-07-06-at-17-21-24

As informações iniciais da Brigada Militar são de que os criminosos, fortemente armados, explodiram o banco para acessar os caixas eletrônicos e, logo depois, fugiram em um veículo. 

O carro utilizado para a fuga foi encontrado abandonado logo depois, nas proximidades do município de Amaral Ferrador. A Brigada realizou buscas nesta madrugada, em um matagal da região, em busca dos assaltantes.

A Brigada Militar do sul do estado já estava em atividade de buscas a criminosos que atacaram outra agência bancária em Arroio do Padre na tarde de sexta-feira (5) e fizeram cordão humano. 

Leia também: Agência do Sicredi em Arroio do Padre é assaltada

A polícia acredita que dois grupos criminosos diferentes foram responsáveis pelos ataques a agências bancárias ocorridos em Arroio do Padre e em Dom Feliciano entre a tarde de sexta-feira (5) e a madrugada deste sábado (6).

Os municípios ficam na região sul do Estado, com cerca de 150 quilômetros de distância entre si. O modo de ação, no entanto, foi diferente nos dois ataques.

Leia também: Polícia acredita que não há relação entre ataques a bancos 

Até o momento, a quadrilha responsável pelo ataque continua foragida.

assalto-donfa

 

Agência foi alvo de ataque com explosivos na última madrugada. Foto: Jerônimo González

deixe seu comentário