Mundo

Ex-funcionário tenta assaltar banco disfarçado de idoso em Santa Catarina

Criminoso portava arma de brinquedo, entrou em desespero e, durante confusão, saltou do edifício por uma janela, caiu e quebrou a perna
13/08/2019 - 10h:45min - Fonte: GaúchaZH

Um homem disfarçado com uma máscara de silicone e portando uma arma de brinquedo foi preso em flagrante por tentativa de roubo a uma agência bancária em Jaraguá do Sul, no norte de Santa Catarina. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar no Banco do Brasil, no centro da cidade, por volta das 11 horas.

De acordo com o delegado Daniel Dias, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Jaraguá do Sul, o suspeito entrou na agência com o simulacro — fantasiado de idoso — e uma arma de plástico e se dirigiu até o gerente da agência. Neste momento, ele teria anunciado o roubo e pediu para ser levado até o cofre do estabelecimento.

Segundo investigação da polícia, o autor do crime já sabia onde era o cofre, porque é ex-funcionário da agência. Ele havia deixado o emprego há cerca de um ano. O plano do homem, no entanto, deu errado.

— Ele estava sozinho e quando percebeu que não seria possível sacar o dinheiro ou levantar qualquer valor em espécie, ele entrou em desespero e durante a confusão saltou entre o 2º e o 3º andar por uma janela. Só que ele caiu e quebrou a perna e não conseguiu concretizar o roubo — afirmou o delegado.

De acordo com a DIC, o homem foi socorrido no local e levado para o hospital, onde seguia em atendimento por volta das 16h30min desta segunda-feira (12). Depois, ele deve ser levado para uma unidade prisional e responder pelo crime de roubo.

— Já sabemos quem ele é e ele está sob custódia policial no hospital. Quando receber alta ele será encaminhado para o presídio — explicou.

A Polícia Civil continua realizando investigações e descobriu que o suspeito havia solicitado um táxi e pediu para o motorista esperá-lo com uma bolsa. Dentro do utensílio foi encontrada uma arma, essa sim verdadeira, porém não utilizada. Testemunhas e os policiais que atenderam a ocorrência também estão sendo ouvidos para a conclusão do caso.

deixe seu comentário