Mundo Animal

Vira-lata atropelada em frente a batalhão vira "cão-bombeiro" e participa do desfile de 20 de Setembro

Preta, que é mascote do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre, foi adotada em 2013 pela corporação
20/09/2019 - 12h:56min - Fonte: GaúchaZH

Uma soldado que quebra a formalidade da tropa. A vira-lata Preta, mascote do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre, desbancou os oficiais das mais altas patentes na manhã desta sexta-feira, no 20 de Setembro. Convidada de honra para o Desfile Farroupilha, a "cão-bombeiro" usa farda vermelha, exige carinhos e posa para fotos.

— A Preta é a mais famosa — brinca um soldado relegado a segundo plano com a presença do animal.

A história da mascote no batalhão começou em 2013, quando foi atropelada em frente à sede dos militares, na Avenida Aureliano Figueiredo Pinto.

— Ela teve a pata quebrada, e tivemos de fazer cirurgia. O mais difícil foi o regime forçado, para perder peso — explica o guardião do animal, o segundo sargento Antônio Ricardo de Aragão. 

Aparentemente, a "operação emagrecer" falhou na missão. Reconhecendo a antiga tutora, Preta se joga no colo da soldado Bárbara Campedelli Ribas, hoje lotada na sede administrativa do comando-geral da corporação.

— Eu dormia com ela no batalhão. É carinhosa demais — conta. 

Preta não atua nas operações, mas "é a melhor segurança" da corporação, de acordo com Aragão:

— Cuida mesmo. Não pode ouvir barulho de gente estranha que já acoa. Só dá respiro para as crianças — finaliza o bombeiro, ao lado da estrela, que segue a galope para a comissão de frente na avenida.

Tiago Boff / Agência RBS
Antiga tutora, soldado Bárbara Campedelli Ribas ganhou o carinho da Preta antes de seguir para os festejos desta sexta-feira. Foto: Tiago Boff / Agência RBS

deixe seu comentário