Últimas Notícias

Confirmada terceira morte por afogamento durante o final de semana no RS

Juliano Jardim Rodrigues, de 18 anos, havia entrado na água para se banhar, quando desapareceu. As outras duas vítimas foram identificadas como José Luiz da Silva Borba, 42 anos e Anderson da Silva Belloti, de 20 anos.
13/10/2019 - 13h:21min - Fonte: G1/RS, Portal GAZ

Com três dias de calor intenso, o Rio Grande do Sul acende um alerta para o perigo de se refrescar em locais não recomendados para banho ou sem monitoramento. Desde sexta-feira (11), houveram três casos de morte por afogamento. 

Em Gravataí, um homem morreu após se afogar no Rio Gravataí, no Distrito Industrial, na tarde de sábado (12). Ele foi identificado como José Luiz da Silva Borba, 42 anos. A Brigada Militar foi chamada por volta de 15h30min por um amigo de Borba, que informou que os dois haviam entrado no rio para se banhar. O amigo chegou a retirar a vítima da água para tentar socorrê-la, mas Borba não resistiu.

Conforme a BM, o rio é profundo em toda a sua extensão e não é recomendado para banho em nenhum ponto.

 

Segunda morte

Conforme informações preliminares dos bombeiros, o corpo foi encontrado por volta das 11h15. As buscas haviam sido retomadas na manhã deste domingo, depois de não ter sucesso no fim da tarde desse sábado.

 

Terceira morte

Equipes realizavam buscas no local para encontrar Juliano — Foto: Jewison Cabral/RBS TV Alegrete

Equipes realizavam buscas no local para encontrar Juliano — Foto: Jewison Cabral/RBS TV Alegrete

Foi encontrado na manhã deste domingo (13) o corpo do jovem que estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira (11) em Alegrete, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Juliano Jardim Rodrigues, de 18 anos, havia entrado no Rio Ibirapuitã para se banhar, e não foi mais visto.

Por volta das 11h deste domingo, a equipe de bombeiros e mergulhadores, que trabalhavam nas buscas por Juliano, encontraram o corpo dele no fundo do rio. Ele estava a cerca de 150 metros do lugar de onde teria desaparecido.

Segundo informações, Juliano e mais três amigos foram ao rio para tomar banho. De acordo com familiares, o adolescente não sabia nadar.

Bombeiros de Santa Maria e Santiago foram para Alegrete, na tarde de sábado (12), para ajudar nos trabalhos de busca.

deixe seu comentário