Polícia

Mulher é morta após ser atingida com golpes de bomba de chimarrão

Ela ainda foi agredida com chutes, pontapés e até com um garfo; Vítima foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte
08/01/2020 - 17h:32min - Fonte: G1

Uma mulher, de 34 anos, foi morta na Zona Norte de Porto Alegre, após ser atingida com dois golpes de bomba de chimarrão (instrumento de aço inoxidável usado para beber a água). O crime aconteceu na manhã do último domingo (5). Ela foi levada ao Hospital Cristo Redentor, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

De acordo com a delegada Tatiana Bastos, da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), o suspeito, de 34 anos, é ex-namorado da vítima. Ele teria invadido a casa dela na Vila Ramos, no bairro Santa Rosa de Lima, por volta das 7h.

"Eles estavam num processo de término de relacionamento. Ele não estava aceitando e invadiu a casa. Discutiram, ele quebrou vários objetos dentro da casa e aí iniciaram as agressões físicas com socos, pontapés, chutes e garfada. Ela gritou, pediu ajuda, e uma vizinha tentou intervir, mas ele acabou matando com duas estocadas de bomba de chimarrão", explicou a delegada.

Leia também: Homem levanta da cadeira de rodas e furta whisky em supermercado 

A mulher foi atingida no pescoço e no abdômen. A causa da morte será investigada pela polícia.

O suspeito foi preso em flagrante e segue detido. Conforme a polícia, ele possui antecedentes por outros crimes.

O casal, segundo a delegada, teve um relacionamento de cinco anos. Porém, não moravam juntos e não tinham filhos. A vítima não havia pedido uma medida protetiva de urgência.

deixe seu comentário