Polícia

Mulher mata filha de 9 meses com facadas após surto psicótico

Ela ainda atacou a outra filha de 9 anos, que foi salva pelo tio; ocorrência foi registrada como flagrante de homicídio qualificado
30/06/2020 - 17h:40min - Fonte: Bhaz, 180 graus

Uma mulher de 27 anos matou a própria filha, de 9 meses de idade, com uma facada após ter um surto psicótico. O caso aconteceu nesta segunda-feira (29), no apartamento onde ela morava com as duas filhas, em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista. As informações são da Record TV.

Além de dar uma facada na pequena Ivyalla Silva Chaumett, a mãe, Jéssica Silva, também tentou atacar a filha mais velha, de 9 anos. Contudo, foi impedida pelo cunhado, que também estava na casa no momento do crime. De acordo com a Polícia Civil, Jéssica tentou driblar o cunhado e eles chegaram a ter uma luta corporal, mas ele conseguiu impedir a mulher de atacar a segunda filha.

O barulho da confusão alertou os vizinhos, que chamaram a polícia. Quando os militares chegaram no apartamento, no décimo andar de um prédio de luxo da cidade, Ivyalla já estava morta. A menina de nove anos e o tio que a defendeu foram encaminhados para um hospital da região e Jéssica também foi encaminhada ao serviço de urgência da cidade e depois conduzida à delegacia.

Aos policiais, a mulher relatou que tem problemas psiquiátricos e que faz uso de remédios controlados para o tratamento. Ela disse ainda que não se lembra direito do que aconteceu. Jéssica é casada com um médico haitiano que atua no Brasil e não estava em casa no momento do crime.

O caso foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo e a ocorrência foi registrada como flagrante de homicídio qualificado.

deixe seu comentário